Milhares de pacifistas marcham em Washington e S. Francisco

Milhares de pacifistas, entre eles os militantes antiglobalização marcharam pelas ruas de Washington e de São Francisco em protesto contra eventual represália militar dos Estados Unidos pelos atentados do dia 11 de setembro.Na capital norte-americana os protestos foram pacíficos, apesar de em um momento vários manifestantes terem enfrentado as autoridades e a polícia usou spray de pimenta para controlar a multidão.O protesto em Washington reuniu cerca de 5 mil pessoas com bandeiras e cartazes que proclamavam "Nem guerra, nem racismo", "Amor, não medo", ou "Curem, não firam". Militantes de todas as idades usavam faixas verdes em sinal de paz. Entre eles, grupos anarquistas, ambientalistas, feministas, homossexuais e ativistas anti-multinacionais.Em São Francisco, cerca de 7 mil pessoas reuniram-se em um parque. "São Francisco sempre foi a Meca dos movimentos progressistas", declarou Miguel Gavilán Molina, do National Chicano Human Rights Council. A manifestação foi pacífica e não houve presença ostensiva da polícia entre os manifestantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.