Milhares participam de funeral do reverendo Moon

Dezenas de milhares de pessoas choraram, cantaram e rezaram neste sábado durante o funeral do reverendo Sun Myung Moon, considerado por seus seguidores como um messias. Moon, fundador da Igreja da Unificação, mais conhecida por realizar casamentos em massa com o objetivo de construir um mundo harmônico e multicultural, morreu em 3 de setembro, aos 92 anos.

AE, Agência Estado

15 de setembro de 2012 | 10h24

Ele foi amigo de presidentes dos Estados Unidos e de líderes da Coreia do Norte, embora sua igreja tenha sido acusada de fazer lavagem cerebral em seus seguidores, que acreditam que Moon foi enviado à Terra para concluir o trabalho de Jesus Cristo.

O funeral de Moon, que aconteceu após um velório de 13 dias, foi realizado no condado de Gapyeong, a nordeste de Seul, onde ele passou seus últimos dias num hospital ligado à igreja. Cerca de 35 mil pessoas participaram da cerimônia.

Cerca de 180 mil pessoas visitaram Gapyeong durante o velório e um número estimado em 7 milhões homenagearam o reverendo em todo o mundo, segundo integrantes da igreja. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do SulMoomfuneral

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.