Milhares protestam contra ação militar

Manifestantes marcham em várias partes do mundo contra Israel

AP E REUTERS, O Estadao de S.Paulo

10 de janeiro de 2009 | 00h00

Dezenas de milhares de manifestantes participaram ontem de protestos em todo o mundo em repúdio à ofensiva de Israel na Faixa de Gaza. Em Ramallah, na Cisjordânia, cerca de 4 mil pessoas marcharam contra a campanha militar no território palestino.O protesto terminou em distúrbios quando partidários do Fatah - grupo do presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, que governa a Cisjordânia - entraram em confronto com partidários do Hamas. A polícia usou gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes e, uma hora depois, o protesto terminou.Em Alexandria, no Egito, mais de 50 mil pessoas protestaram contra Israel, segundo estimativas da polícia do Cairo. Os manifestantes criticaram seu governo por não abrir a fronteira do país com Gaza.Protestos também foram registrados no Irã e na Jordânia e coincidiram com o pedido do presidente da Líbia, Muamar Kadafi, para que os países árabes permitissem que seus cidadãos lutem contra Israel em Gaza: "Chamo os árabes para que abram os portões para voluntários lutarem com os palestinos."Na Argélia, cerca de 30 mil pessoas participaram de um protesto desafiando leis do governo local que proíbem manifestações depois das orações muçulmanas de sexta-feira.Marchas contra Israel também ocorreram nos EUA, na Venezuela e no Chile. No México, manifestantes fizeram uma marcha a favor do governo israelense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.