Milhares protestam contra ataque dos EUA

Milhares de pessoas protestaram ontem em Damasco contra o ataque americano a uma aldeia síria provocando o fechamento da embaixada dos EUA na cidade. Na segunda-feira, helicópteros atacaram uma fazenda em Sukiraya, vilarejo sírio a 8 quilômetros da fronteira com o Iraque, matando oito pessoas. Os EUA afirmam que a operação matou um traficante de armas ligado a Al-Qaeda. A Síria diz que a ação foi "criminosa" e espera por um pedido de desculpas da Casa Branca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.