Milhares protestam contra energia nuclear

Milhares de pessoas pediram ontem o fim imediato do uso da energia atômica na Alemanha. Ativistas reuniram-se nas proximidades de 12 usinas nucleares alemãs às vésperas do 25.º aniversário do desastre de Chernobyl, na Ucrânia. Eles exigem que todas as centrais alemãs sejam desativadas. Protestos também foram realizados ao longo do Rio Reno, onde manifestantes pediram o fechamento da usina nuclear francesa de Fessenheim, perto da fronteira da Alemanha. A usina é uma das mais antigas da França.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.