Milhares protestam contra mina de ouro na Grécia

Mais de 10 mil pessoas tomaram as ruas da segunda maior cidade da Grécia neste sábado para protestar contra uma planejada mira de ouro que, segundo eles, é uma ameaça ambiental.

Agência Estado

09 de março de 2013 | 15h46

A polícia bloqueou a marcha da multidão para o consulado do Canadá, em Thessaloniki, mas o protesto deste sábado ocorreu e foi encerrado pacificamente.

A Eldorado Gold Corp., baseada em Vancouver (Canadá), obteve os direitos para a construção da mina na península Halkidiki, no leste de Thessaloniki. A companhia estabeleceu um acampamento empregando 1.200 pessoas e planeja iniciar as escavações em breve.

A questão tem dividido amargamente residentes de Halkidiki, com alguns afirmando que o projeto irá prejudicar o turismo e liberar substâncias tóxicas, enquanto outros dizem que novos empregos são cruciais durante a grave crise econômica da Grécia.

Na semana passada, cerca de 3 mil residentes fizeram uma manifestação a favor da mina. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Gréciaprotestomina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.