Milhares protestam contra presidente

Milhares de egípcios participaram de protestos ontem contra o presidente do país, Mohamed Morsi, e contra a Irmandade Muçulmana, acusados pelos manifestantes de monopolizar o poder no Egito. No Cairo, a principal marcha reuniu cerca de 3 mil pessoas, que vieram de vários pontos da cidade em direção ao palácio presidencial. Na Praça Tahrir, aproximadamente 200 manifestantes foram atacados com pedras e garrafas por defensores de Morsi. Protestos ocorreram também em Alexandria e em outras cidades egípcias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.