Amr Nabil/AP
Amr Nabil/AP

Milhares protestam contra presidente no Egito

Manifestantes fizeram marchas no Cairo, em Alexandria e em Port Said

AE, Agência Estado

01 de fevereiro de 2013 | 11h13

CAIRO - Milhares de egípcios foram às ruas do Egito nesta sexta-feira, 1, em uma manifestação contra o presidente islâmico Mohamed Morsi e a Irmandade Muçulmana, depois de uma semana de ondas de violência.

Os manifestantes enfrentaram marcharam em direção à Praça Tahrir e ao palácio presidencial, no Cairo. Milhares também marcharam no porto mediterrâneo de Alexandria e na cidade de Port Said, que ficou no coração dos confrontos da semana passada, depois que 21 moradores foram condenados à morte por violência ligada ao futebol há um ano.

A Fronte de Salvação Nacional (NSF) se juntou a facções rivais quinta-feira para condenar a violência e apoiar os esforços para um diálogo nacional. Mas a coalizão dos principais grupos liberais e esquerdistas também convocou protestos hoje para pedir um governo de unidade e alteração da constituição elaborada por islamitas, que polarizou a nação quando foi aprovada em dezembro.

As informações são da Dow Jones

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.