Milhares protestam contra tomada da NTV na Rússia

Apesar da chuva, pelo menos 5 mil pessoas participaram hoje, em Moscou, de uma manifestação contra a tomada de controle da TV independente NTV pela companhia de gás estatal Gazprom. A Gazprom demitiu os diretores administrativos e de redação da NTV na terça-feira, decisão que não foi aceita pelos profissionais. Os jornalistas da emissora acusam o presidente do país, Vladimir Putin, de ter tramado a ação da Gazprom com o objetivo de abafar a única TV que mantém posição crítica em relação ao Kremlin. O fundador da NTV, o magnata Vladimir Gusinski, está negociando a venda de parte de suas ações para a TV a cabo CNN, o que não interessaria à Gazprom.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.