Wally Santana/AP Photo
Wally Santana/AP Photo

Milhares protestam em Taiwan contra acordo com China

Multidões vestidas de preto sentaram-se em uma avenida bloqueada; protestos já duram quase duas semanas e pressionam presidente do país

Agência Estado

30 de março de 2014 | 10h57

Centenas de milhares de manifestantes se reuniram nas ruas ao redor do Parlamento de Taiwan, neste domingo, para protestar contra um acordo comercial com a China, em um protesto de quase 2 semanas, que está desafiando a política do presidente Ma Ying-jeou de deixar a ilha democrática mais perto economicamente da China.

Lin Fei-fan, um dos organizadores da manifestação, estimou que 500 mil pessoas participaram o protesto desde que o movimento teve início. Multidões vestidas de preto sentaram-se em uma avenida bloqueada, muitos carregando girassóis reais, ou de plásticos, o símbolo do movimento de protesto, e vestindo fitas amarelas com as frases "Luta pela democracia, retire acordo comercial".

Milhares de manifestantes, principalmente estudantes, ocupam o prédio do Parlamento desde 18 de março, apoiados por milhares de pessoas do lado de fora do edifício. Eles protestam contra a intenção de Ma Ying-jeou de implementar um acordo comercial que permitirá que empresas do setor de serviços da China e de Taiwan abram unidades, ou lojas, nos dois países. Fonte: Associated Press.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    Taiwanprotesto

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.