Milhares tentam fugir de Bangalore por medo de ataques

Milhares de indianos originários do norte do país entraram em pânico e tentaram fugir da cidade de Bangalore, sul do país, nesta quinta-feira. O tumulto foi causado por rumores de que muçulmanos atacariam as pessoas vindas do Estado de Assam, no norte.

AE, Agência Estado

16 de agosto de 2012 | 14h09

A multidão de estudantes e trabalhadores vindos de Assam lotaram a principal estação de trem de Bangalore, tentando voltar para sua terra natal. As pessoas empurravam-se e algumas escalaram as janelas para tentar entrar nos vagões, enquanto policiais tentavam convencê-los de que não corriam perigo.

O Estado de Assam é assolado pela violência entre muçulmanos e a tribo local dos Bodo. Aqueles fugindo de Bangalore disseram que ouviram falar de mensagens de texto que alertavam para ataques em represália perpetrados por muçulmanos. Autoridades negaram a existência das ameaças. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ÍndiatumultoBangalore

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.