Milhares tomam ruas em protesto velado contra Putin

Proeminentes romancistas e poetas russos lideraram neste domingo um protesto de rua em Moscou que contou com a presença de mais de 10 mil pessoas. Os manifestantes não possuíam a permissão requerida para esse tipo de evento, porém a polícia não interveio. As pessoas contornaram a lei ao ficar em silêncio e não carregar cartazes, embora a manifestação tivesse claramente sido organizada como um protesto contra o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Agência Estado

13 Maio 2012 | 12h39

A manifestação foi o mais recente de vários protestos espontâneos que ocorreram em Moscou desde a posse de Putin. Eles são realizados por pessoas insatisfeitas pelo fato de Putin comandar o país mais uma vez. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
RússiaprotestoVladimir Putin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.