Milhares vão às ruas contra Bush em Roma

Dezenas de milhares de italianos contrários à guerra no Iraque marcharam pelo centro de Roma em meio à segurança reforçada para a visita do presidente dos EUA, George W. Bush, ao país. Muitos dos manifestantes exibiam bandeiras brancas e pediam a saída das forças italianas do Iraque. um pequeno grupo de manifestantes mascarados entrou em choque com a polícia. Não está claro se houve feridos.A Itália dispôs cerca de 10.000 policiais para proteger Bush e sua comitiva. O premioer Silvio Berlusconi havia manifestado preocupação com a possibilidade de violência, e a embaixada dos EUA sugeriu que cidadãos americanos evitassem multidões.A grande passeata envolveu 150.000 pessoas, segundo so organizadores. A polícia estima a multidão em 25.000. Manifestações menores ocorreram em outros pontos da cidade. Algumas pessoas dispararam fogos de artifício contra um prédio da Força Aérea e bloquearam ruas, mas a polícia não interferiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.