Milhares visitam Belém na véspera do Natal

Milhares de peregrinos, turistas e cristãos da região se reúnem hoje na cidade bíblica de Belém, na Cisjordânia, para as celebrações no local onde segundo a tradição Jesus nasceu. Os visitantes ficam perto de uma árvore de Natal de 15 metros, na Praça Manger, para tirar fotos e aproveitar o sol.

AE, Agência Estado

24 de dezembro de 2011 | 11h51

O principal evento em Belém será a Missa do Galo na Igreja da Natividade, construída sobre o local onde acredita-se que Jesus nasceu.

O Ministério do Turismo de Israel prevê que 90 mil turistas visitem o local sagrado para o feriado. O prefeito de Belém, Victor Batarseh, disse esperar que as celebrações deste ano tragam os palestinos mais perto de seu sonho de possuir um Estado independente. "Nós estamos celebrando este Natal esperando que no futuro próximo consigamos nosso direito à autodeterminação para estabelecer nosso próprio Estado palestino democrático e secular, na terra palestina. Por isso este Natal é único", afirmou Batarseh à Associated Press.

Belém é hoje cercada por barreiras construídas por Israel, para impedir ataques de militantes. Os palestinos dizem que essas barreiras prejudicam muito sua economia. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelpalestinosNatalCisjordânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.