Milícia xiita decide abandonar as armas no Iraque

Amir al-Khzaie, um alto funcionário do Iraque encarregado da reconciliação com os grupos armados do país, está comemorando a decisão do Asaib Ahl al-Haq, uma milícia xiita apoiada pelo Irã, de desistir de suas armas e apoiar o processo político.

AE, Agência Estado

06 de janeiro de 2012 | 12h19

Conselheiro do primeiro-ministro Nouri al-Maliki, al-Khzaie disse nesta sexta-feira que o grupo ainda não entregou as armas, mas está preparado para fazer isso. Ele afirmou que o grupo está pronto para desempenhar um papel construtivo na política do Iraque e espera concorrer nas próximas eleições parlamentares com um novo nome.

O Asaib Ahl al-Haq é um grupo dissidente armado do movimento político do clérigo xiita radical Muqtada al-Sadr que foi formado para combater a presença americana no Iraque. As tropas dos Estados Unidos deixaram o país no mês passado. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraquemilícia xiitaarmas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.