Milícia xiita volta a enfrentar americanos no Iraque

Forças leais ao líder xiita radical Muqtada al-Sadr entraram em conflito com soldados americanos e iraquianos na cidade sagrada de Najaf. Os comabtes causaram a morte de um americano, sete civis iraquianos e sete rebeldes. Um helicóptero dos EUA foi abatido. O derramamento de sangue espalhou-se rapidamente para outras áreas de maioria xiita no Iraque, com cada lado do conflito culpando o outro pela quebra da trégua entre Al-Sadr e os EUA, que já dura dois meses.Homens de Al-Sadr combateram americanos também em Sadr City, um bairro de Bagdá, ferindo sete soldados; abriram fofo contra prédios públicos na cidade de Amara; e combateram forças britânicas em Basra, onde um miliciano xiita foi morto.Durante a luta em Najaf, um helicóptero UH-1, dos EUA, foi atingido por tiros e caiu, ferindo a tripulação. Iraquianos afirmam que pelo menos sete civis e sete milicianos xiitas foram mortos, e que mais de 50 pessoas ficaram feridas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.