Milicianos palestinos disparam contra Israel ao fim de trégua

Uma cessar-fogo de 12 horas entre Israel e Hamas foi negociado para resgatar feridos e levar provisões na Faixa de Gaza

Efe

26 Julho 2014 | 15h46

 

Jerusalém - Milicianos palestinos lançaram quatro morteiros contra cidades israelenses ao redor da Faixa de Gaza minutos após terminar oficialmente a trégua humanitária de 12 horas administrada pela ONU, informaram fontes militares.

Os projéteis, disparados às 20h04 locais (14h04 de Brasília) ativaram os alarmes antiaéreos no conselho regional de Eshkol, na fronteira com Gaza, sem deixar vítimas e danos materiais, segundo as fontes.

Israel e o Hamas respeitaram de forma estrita uma trégua humanitária de 12 horas a pedido da comunidade internacional para permitir à população de Gaza garantir provisões e resgatar feridos das áreas mais castigadas.

Na tarde deste sábado, uma hora antes de concluir o prazo, Israel anunciou que prorrogaria o cessar-fogo até a meia-noite, mas o movimento islamita ainda não comunicou se aceita a prorrogação.

Comentaristas da emissora de televisão israelense "Channel 10" disseram que os quatro morteiros podem ter sido disparados de forma unilateral por um comando que não recebeu instruções do Hamas, por isso não reflete necessariamente o final da trégua humanitária.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.