Milicianos palestinos dispararam foguetes contra Israel

Milicianos palestinos dispararam nesta quarta-feira, 28, a partir da Faixa de Gaza, cinco foguetes Qassam contra o território deIsrael, informaram fontes da Polícia israelense.Dois dos foguetes caíram nas imediações da cidade de Sderot,outro dois ao sul da cidade de Ashkelon e um quinto em uma dascooperativas agrícolas que fazem fronteira com a Faixa de Gaza, sem deixar vítimas nem danos.O ataque aconteceu pouco após agentes de uma unidade de elite da Polícia de Fronteiras israelense matarem, no distrito cisjordaniano de Jenin, três ativistas palestinos da Jihad Islâmica, entre eles o chefe principal do grupo na região, Ashraf Saadi.Em comunicado divulgado na Faixa de Gaza, a Jihad assumiu aautoria do ataque com foguetes, em resposta à morte de Saadi e de dois de seus presentes, Mohammed abu Nasi e Alá Breiky.Saadi era o chefe da Jihad em Jenin desde a última semana, quando seu antecessor, Ibrahim Obeid, morreu em um confronto armado com Israel.Os serviços de segurança de Israel afirmam que os três ativistaspalestinos mortos nesta quarta faziam parte de um comando terrorista que na última semana enviou à região de Tel Aviv um suicida, interceptado em uma casa pouco antes de receber os explosivos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.