Militante da Frente Popular é morto em Nablus

O Exército israelense matou a tiros na manhã desta segunda-feira um palestino no campo de refugiados de Ein Beit Elma, próximo a Nablus, quando ele tentou se esconder durante uma operação militar. Imad Mabruk, um militante da Frente Popular para a Libertação da Palestina (FPLP), ficou escondido por várias horas antes de ser baleado. Oficiais israelenses afirmaram que Mabruk estava desarmado, mas não obedeceu a ordem de se entregar e foi atingido. Um dirigente FPLP da região disse que Mabruk foi ?assassinado? e prometeu represálias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.