Militantes atacam cidade cristã na Nigéria

Homens que suspeita-se que sejam militantes do Boko Haram atacaram uma cidade de maioria cristã na Nigéria depois do anoitecer deste sábado, chegando de motos e atirando bombas, segundo moradores e uma fonte militar.

REUTERS

30 de novembro de 2014 | 12h13

Moradores afirmaram que várias pessoas foram mortas na cidade de Shani, mas uma fonte policial declarou que não havia sido possível verificar o número de mortes, uma vez que comunicações com a cidade foram cortadas.

"Eles dirigiam motocicletas e eram mais de 30 homens. Começaram a jogar bombas nas casas, e então o Boko Haram disparou tiros contra as pessoas que fugiam”, afirmou à Reuters pelo telefone, de um vilarejo próximo, o morador Ishaya Brimah.

Shani fica no estado de Borno, o centro da insurgência do grupo islâmico Boko Haram, revolta que já deslocou mais de um milhão de pessoas.

(Reportagem de Lanre Ola)

Tudo o que sabemos sobre:
NIGERIAATAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.