Militantes atacam sede do Parlamento na Somália

Militantes realizaram um atentado contra o edifício do Parlamento da Somália neste sábado, deixando ao menos sete pessoas mortas. Segundo autoridades locais, um carro-bomba e um homem-bomba provocaram duas explosões em frente ao complexo onde fica a sede do Parlamento, na capital Mogadíscio. Houve troca de tiros entre a polícia e os terroristas.

GABRIELA VIEIRA, COM INFORÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES E DA ASSOCIATED PRESS, Agência Estado

24 Maio 2014 | 08h29

A cidade tem sido palco de uma série de atentados suicidas, reivindicados pela milícia islamita al-Shabab, ligada ao grupo terrorista Al Qaeda. Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do ataque.

De acordo com testemunhas, muitos membros do parlamento estavam dentro do edifico quando as explosões aconteceram. A polícia diz que entre as sete vítimas estão seis suspeitos e um soldado, que impediu a entrada de um homem-bomba no prédio.

Mais conteúdo sobre:
Somália parlamento atentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.