Militantes da Nigéria anunciam fim de cessar-fogo

O principal movimento militante da Nigéria afirmou hoje que está encerando um cessar-fogo de quatro meses. O grupo ameaçou atacar instalações de companhias de gás e petróleo, em reação a uma ofensiva do Exército em um de seus campos. O Movimento pela Emancipação do Delta do Níger afirmou em e-mail que cancelará seu cessar-fogo unilateral a partir de amanhã. O grupo ameaçou realizar um grande ataque a partir do Estado de Rivers que "mudará a configuração das exportações de petróleo e gás da Nigéria". As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.