Militantes do Afeganistão matam 26 no Paquistão

Centenas de militantes provenientes do Afeganistão atravessaram a fronteira com o Paquistão neste sábado e atacaram três postos de segurança no noroeste do país, causando a morte de 26 soldados paramilitares e policiais, informaram autoridades paquistanesas. Nove insurgentes também morreram no ataque. Foi o último de uma série de ataques semelhantes lançados a partir de uma área do leste afegão, onde os Estados Unidos quase já não mantêm mais soldados.

AE-AP, Agência Estado

27 de agosto de 2011 | 10h52

No sul do Afeganistão, quatro civis morreram hoje na explosão de um carro-bomba na cidade de Lashkar Gah, capital da província de Helmand. Outras 20 pessoas ficaram feridas, incluindo dez soldados e seis policiais. Em Kandahar, maior cidade do sul afegão, 23 pessoas ficaram feridas em duas explosões de carros-bomba. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoPaquistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.