Militantes do Al-Qaeda pedem cessar-fogo

As forças tribais que estão na busca de militantes do Al-Qaeda declararam cessar-fogo, após alguns soldados da rede, que estavam refugiados em um importante ponto das montanhas na região de Tora Bora, terem dito que desejam discutir os termos de sua entrega. Mohammaed Zaman, chefe de defesa da aliança tribal do leste, concordou com o cessar-fogo proposto pelos militantes do Al-Qaeda em negociações realizadas por rádio.O contato ocorreu depois que um comandante da aliança disse que seus soldados tinham tomado um dos dois picos da montanha Enzeri Zur, no leste do Afeganistão, onde centenas de combatentes do Al-Qaeda se posicionaram após terem sido expulsos de suas cavernas durante intenso bombardeio norte-americano e ataques por terra ocorridos na madrugada. Não está claro, no entanto, se as forças que se encontram ao redor de Tora Bora participarão do cessar-fogo, tampouco se desejam se entregar.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.