Militantes matam 14 soldados em província no Paquistão

Supostos militantes separatistas atacaram um comboio de tropas paramilitares na área de Turbat, na província do Baluchistão, sudoeste do Paquistão, matando 14 soldados nesta quinta-feira, disseram autoridades de segurança.

REUTERS

11 de janeiro de 2012 | 22h36

"Os militantes, primeiro, dispararam foguetes com granadas nos veículos e então abriram fogo contra eles", disse à Reuters uma autoridade de segurança.

O Baluchistão é a maior e mais pobre província do país, onde os separatistas baluchi exigem mais autonomia e controle sobre os recursos naturais da sua região empobrecida.

Grande parte da violência no passado foi atribuída a militantes separatistas. Militantes pró-Taliban também estão ativos na província, que tem fronteiras com Afeganistão e Irã.

(Reportagem de Gul Yusufzai)

Tudo o que sabemos sobre:
PAQUISTAOMILITANTESSOLDADOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.