AP Photo/Rahmat Gul
AP Photo/Rahmat Gul

Militantes matam dois estudantes e mantêm reféns em universidade afegã

Radicais islâmicos invadiram Universidade Americana de Cabul após atacar local com bombas

O Estado de S. Paulo

24 Agosto 2016 | 15h40

CABUL -  Pelo menos dois estudantes morreram e outras 12 pessoas ficaram feridas nesta quarta-feira, 24, no ataque de radicais islâmicos à Universidade Americana do Afeganistão em Cabul. Homens armados ainda mantêm reféns um número indeterminado de alunos e professores no interior da intituição.

Uma fonte da polícia que pediu o anonimato disse que pelo menos dois estudantes morreram, enquanto o porta-voz do Ministério da Saúde Pública do Afeganistão, Mahammad Ismail Kawusi, confirmou que 12 feridos foram levados para um hospital.

Um porta-voz da polícia, Humayon Aini, declarou que após uma explosão, suicidas com bombas entraram na universidade, onde alguns estudantes estão retidos. Aini acrescentou que houve também uma troca de tiros com a polícia, que isolou a área.

O reitor da Universidade, Mohammad Sharif Fayiz, relatou que depois da explosão, alguns insurgentes entraram na universidade e algumas pessoas foram mortas e outras ficaram feridas. "Não sabemos o número exato de vítimas", acrescentou Fayiz.

A Embaixada dos Estados Unidos em Cabul emitiu um aviso aos cidadãos americanos para que evitem a área através de uma mensagem nas redes sociais, na qual afirmou que o ataque aconteceu às 19h30 locais (12h de Brasília). O Departamento de Estado condenou o ataque. 

No dia 7, um grupo de homens armados não identificados sequestrou em Cabul,  dois professores, um americano e outro australiano, que trabalham na Universidade Americana do Afeganistão. A escola  iniciou suas atividades na capital afegã em 2006 e conta na atualidade com mais de 1,7 mil alunos, de acordo com o site da instituição. / EFE

 

 

Mais conteúdo sobre:
Afeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.