Militantes que atacaram com ácido são detidos

A polícia afegã prendeu ontem dez militantes do Taleban acusados de atacar com ácido o rosto de 15 meninas e de suas professoras, no sul do Afeganistão. Segundo os detidos, líderes do grupo pagariam 100 mil rupias paquistanesas (US$ 1.300) para cada garota que tivesse o rosto queimado. O Taleban é contra mulheres irem à escola.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.