Militantes realizam atentados no Afeganistão

Insurgentes bombardearam uma base norte-americana no Afeganistão e derrubaram um helicóptero da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), matando três oficiais de inteligência afegãos que estavam à bordo. No oeste do Afeganistão, também nesta terça-feira, um adolescente realizou um atentado suicida dentro de uma loja e matou cinco pessoas.

AE, Agência Estado

11 de setembro de 2012 | 17h18

Os ataques aconteceram enquanto os Estados Unidos e seus aliados realizavam cerimônias para marcar o 11º aniversário dos atentados do 11 de setembro. Foram lembrados os mais de 3 mil soldados estrangeiros que foram mortos durante a invasão do Afeganistão, cerca de 2 mil deles norte-americanos.

As ações dos militantes são um lembrete de que a guerra lançada menos de um mês após a queda do World Trade Center ainda continua. "Onze anos depois daquele dia, não pode existir dúvida de que nossa dedicação a esse compromisso, o compromisso que foi gravado em nossas almas naquele dia há tanto tempo atrás, permanece forte e inabalável", disse o general da marinha John Allen, comandante das tropas da coalizão, em uma cerimônia em Cabul. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoatentadosEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.