Militar e empresário vão ao segundo turno

Os resultados da eleição presidencial de domingo na Guatemala, divulgados ontem, mostraram que a disputa irá para o segundo turno entre Otto Pérez Molina, general da reserva que defende a participação das Forças Armadas na luta contra o crime, e Álvaro Colom, um empresário de centro-esquerda. Colom ficou com 28% dos votos e Pérez Molina, com 24%. A votação decisiva está marcada para 4 de novembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.