Militar e seus 3 acompanhantes são seqüestrados no Paquistão

Segundo o Exército, os quatro foram seqüestrados perto de uma base militar na fronteira com Afeganistão

Efe

25 de agosto de 2007 | 10h04

Um oficial do Exército, dois  guarda-costas e um funcionário do Governo foram seqüestrados por um grupo de insurgentes pró-talibãs, no cinturão tribal do oeste do Paquistão, informou neste sábado, 25, à Efe uma fonte militar.   Segundo um porta-voz do Exército, o general Shaukat Sultan, os quatro foram seqüestrados perto de uma base militar da cidade de Ladha, na região do Waziristão do Sul, na fronteira com o Afeganistão.   O Exército paquistanês tem promovido várias operações militares nos últimos anos contra militantes da Al Qaeda e simpatizantes talibãs na região.   Na última sexta-feira, uma nota oficial informou que em um mês morreram cerca de 250 insurgentes islâmicos e 60 soldados nas luta no cinturão tribal, uma área que o Governo jamais controlou completamente.   Shaukat disse que por enquanto ninguém reivindicou a responsabilidade pelo seqüestro.  

Tudo o que sabemos sobre:
Militarsequestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.