Militar substituirá Negroponte na Inteligência dos EUA

O presidente americano, George W. Bush, indicará oficialmente na sexta-feira, 5, o atual czar dos serviços de espionagem, John Negroponte, de 67 anos, para o cargo de vice-secretário de Estado. Ele será o segundo funcionário de maior hierarquia no Departamento de Estado, depois da secretária Condoleezza Rice. O vice-almirante da reserva Mike McConnell substituirá Negroponte como diretor do Departamento de Inteligência Nacional (DNI).As duas indicações deverão ser aprovadas pelo Senado. Ex-embaixador americano na ONU e no Iraque, Negroponte assumiu o comando da espionagem em 2005, como parte de uma reformulação do serviço de inteligência por causa do fracasso em impedir os atentados de 11 de setembro de 2001. Apesar de analistas considerarem que o conhecimento diplomático de Negroponte será útil para Condoleezza, seu afastamento do serviço secreto provoca dúvidas sobre a eficiência do DNI, criado para coordenar 16 agências civis e militares.Em um revés para Bush, a conselheira jurídica da Casa Branca, Harriet Miers, renunciou nesta quinta-feira. Harriet foi indicada pelo presidente em outubro de 2005 para substituir a juíza da Suprema Corte Sandra Day O´Connor, mas renunciou à nomeação em meio às críticas dos próprios conservadores, que questionaram suas credenciais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.