Militares alemães libertam navio sequestrado por piratas

Uma empresa alemã de navegação disse que um dos seus cargueiros, capturado por piratas somalis na costa do Quênia, foi libertado hoje. Segundo a porta-voz da empresa Beluga-Reederei, Verena Beckhusen, o cargueiro Beluga Fortune foi libertado após uma ação de militares alemães, um dia depois de ter sido sequestrado.

AE-AP, Agência Estado

25 de outubro de 2010 | 14h21

A Beluga-Reederei disse que nenhum membro da tripulação foi ferido na ação, e o navio que fora sequestrado retomou sua rota para a África do Sul, como planejado. Os militares alemães tiveram a ajuda da missão multinacional antipirataria que opera na costa somali. Os piratas conseguiram fugir.

Tudo o que sabemos sobre:
Somáliapiratasnaviomilitares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.