Militares argelinos morrem em emboscada de grupo salafista

Três militares argelinos morreram na última quinta-feira na região de Boumerdès, ao leste de Argel, após cair em uma emboscada de um comando salafista, afirma neste sábado o jornal "L´Expansion".O comando terrorista montou sua operação perto da localidade de Chabet el-Ameur, a cerca de 30 quilômetros de Boumerdès, metralhando uma caravana militar que passava pela estrada.O tiroteio matou três soldados, e os atacantes conseguiram fugir, e ainda não foram localizados.Os autores da emboscada pertencem à organização Al Qaeda no Magrebe, antesconhecida como Grupo Salafista para a Pregação e o Combate (GSPC), afirma o jornal argelino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.