Militares entram em confronto com grupo pró-Talebã no Paquistão

Centenas de famílias deixaram uma cidade do noroeste do Paquistão, onde um grupo armado pró-Talebã entrou em conflito com as forças de segurança da região. Cerca de 500 homens trocaram tiros com as forças paramilitares na cidade de Miran Shah, disseram oficiais. A tensão entre as tribos da região ganhou força depois que o exército paquistanês atacou um suposto acampamento da Al-Qaeda, nesta semana. Oficiais militares disseram que 45 pessoas, incluindo militantes estrangeiros, foram mortas no ataque ao acampamento.

Agencia Estado,

04 Março 2006 | 10h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.