Militares falham em capturar terroristas no Paquistão

Autoridades paquistanesas detiveram 28 pessoas em uma operação contra supostos militantes extremistas em uma remota área perto da fronteira com o Afeganistão, mas não conseguiram encontrar nenhum suposto seguidor do Taleban ou da Al-Qaeda, informaram militares.Todos os detidos pertencem à tribo wazir, predominante na região tribal semi-autônoma do Waziristão do Sul. Acredita-se que a província sirva de esconderijo para o milionário saudita no exílio Osama bin Laden, líder da rede extremista Al-Qaeda, e outros importantes comandantes do grupo.As forças de segurança paquistanesas invadiram três galpões da aldeia de Kalosha na quinta-feira, depois de terem recebido uma denúncia de que entre 15 e 20 combatentes estrangeiros estariam escondidos ali.O general Shaukat Sultan, porta-voz do Exército paquistanês, disse nesta sexta-feira que os soldados ainda procuram combatentes estrangeiros possivelmente escondidos em Wana, capital administrativa de Waziristão do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.