Militares matam 15 rebeldes curdas

O governo turco afirmou ontem que 15 corpos de rebeldes curdas foram encontrados após combates na zona rural da Província de Bitlis, no sudeste do país. O Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) mantém unidades formadas exclusivamente por mulheres. Nos últimos quatro dias, 25 rebeldes curdos e oito agentes de segurança morreram na região, reduto da minoria curda que luta por autonomia. Os curdos aproveitam o degelo nas montanhas para sair do norte do Iraque e organizar ataques na Turquia.

O Estado de S.Paulo

25 Março 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.