Militares são punidos por escândalo

Uma investigação sobre o escândalo de prostituição envolvendo militares americanos e membros do serviço secreto do país que preparavam a chegada do presidente Barack Obama à Cúpula das Américas de abril, na Colômbia, afirma que os funcionários de Washington realmente receberam mulheres - provavelmente prostitutas - em seus quartos de hotel.

WASHINGTON, O Estado de S.Paulo

04 de agosto de 2012 | 03h03

Os americanos ainda deixaram que cachorros entrassem no estabelecimento onde estavam hospedados e sujassem as dependências do local e as roupas de cama dos quartos, segundo um relatório sobre o caso revelado pela Associated Press ontem. Sete soldados do Exército americano e dois marines receberam punições administrativas pelo que o relatório definiu como mau comportamento. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.