Militares sírios matam 20 pessoas durante protestos

As forças de segurança da Síria abriram fogo contra manifestantes que foram às ruas após as preces de ontem, matando pelo menos 20 pessoas, incluindo um menino de 12 anos. O ativista dos Comitês de Coordenação Local, Hosam Ibrahim, disse que houve vítimas em Damasco, Idleb, Hama, Homs e Deraa. As operações militares no norte da Síria motivaram uma nova leva de refugiados para a Turquia, segundo autoridades de Ancara. / REUTERS

, O Estado de S.Paulo

17 Setembro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.