Milosevic chega a Haia

O ex-presidente iugoslavo Slobodan Milosevic chegou à Holanda na madrugada desta sexta-feira (pelo horário local) depois de as autoridades sérvias o terem entregue ao tribunal de crimes de guerra da Organização das Nações Unidas (ONU) para que responda às acusações de "crimes contra a humanidade". "Posso confirmar que ele já chegou à unidade de detenção", disse Jim Landale, porta-voz do tribunal. Pouco antes do anúncio de Landale, os jornalistas viram um helicóptero da polícia aterrissar dentro do pátio da prisão à 1h16 local (20h16 em Brasília) enquanto um segundo helicóptero sobrevoava o complexo. Os jornalistas não conseguiram ver quem estava dentro da aeronave. Não foram divulgados detalhes sobre quando chegou à Holanda o avião transportando Milosevic. Seguramente ele será entrevistado pelos funcionários do tribunal, que lerão as acusações que pesam contra ele e explicarão seus direitos. Milosevic será submetido também a um exame médico para determinar os requerimentos especiais de saúde que possa necessitar. Também não foi informado quando ele comparecerá perante o júri. "O iminente juízo de um ex-chefe de Estado é um passo novo e irreversível com relação ao empenho da comunidade internacional para combater a impunidade", disse o presidente do tribunal, Claude Jorda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.