Milosevic é hospitalizado com dores no peito

Médicos do Exército examiram hoje o ex-presidente Slobodan Milosevic, depois de ele ter sido levado às pressas ao hospital da Prisão Central de Belgrado reclamando de dores no peito, mas não encontraram nenhuma evidência de doença no coração. Segundo informações do ministro da Justiça, Vladan Batic of Serbia, o ex-presidente estava apenas com pressão alta. ? Nada alarmante?, disse o ministro.A Justiça concordou em transferir Milosevic de prisão depois que os médicos da prisão diagnosticaram ?problemas agudos de coração?. A agência de notícias independente Beta informou que Milosevic se encontrava no estado que antecede um ataque cardíaco.Os aliados do ex-presidente citaram o estresse como a causa. ?Como qualquer inocente que é injustamente acusado, a injustiça golpeia diretamente o coração?, disse Branislav Ivkovic,um assistente muito próximo do ex-presidente e oficial do alto escalão do partido Socialista de Milosevic.Desde a dramática prisão de Milosevic, no último dia 1º, socialistas têm insistido que a prisão do ex-presidente é ilegal e pedem por uma investigação parlamentar especial.Um juiz de Belgrado ordenou a prisão de Milosevic por trinta dias enquanto são investigadas as denúncias de corrupção e abuso de poder. O ex-presidente também enfrenta acusações de mandar matar inimigos políticos durante seu reinado de 13 anos e de resistir à prisão. Além disso, Milosevic é acusado pelo tribunal das Nações Unidas de cometer atrocidades durante a Guerra de Kosovo, de 1998 a 1999.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.