Mina de carvão explode na China: um morto e 18 soterrados

Só em 2006 foram registradas 4.700 mortes nas minas do gigante asiático

Efe

30 de dezembro de 2007 | 01h54

Uma pessoa morreu e outras 18 estão soterradas após a explosão em uma mina de carvão na província chinesa de Heilongjiang (nordeste), informou neste domingo a agência estatal "Xinhua". O acidente aconteceu na tarde de sábado na mina Shunfa, na cidade de Mudanjiang, quando 21 pessoas trabalhavam em seu interior. Os serviços de salvamento conseguiram resgatar até o momento apenas dois trabalhadores com vida. Os trabalhos de busca continuam, mas são dificultados pela alta densidade de gás e pó no interior das galerias da mina. A mina Shunfa é privada e tem capacidade de produção de 40 mil toneladas por ano. As minas chinesas são as mais perigosas do mundo, com uma média de quase 13 mortes por dia devido a incêndios, explosões e inundações.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaminasmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.