Mina mata cinco pessoas no Afeganistão

Uma mina explodiu sob um veículo pertencente ao governo do Afeganistão, matando três civis e dois soldados afegãos. O ataque ocorreu no distrito de Char Chino, numa área remota da província do Uruzgan, onde tropas dos EUA lançaram um bombardeio durante o final de semana. Segundo representante da administração distrital, Abdul Rahman, a mina fora provavelmente planta por militantes do Taleban para atingir forças americanas que lutam contra a insurgência na área.De acordo com testemunhas, os três civis eram parentes dos soldados e estavam de carona no veículo. Char Chino está localizado a cerca de 400 quilômetros ao sudoeste de Cabul. Sobre o bombardeio do final de semana, militares dos EUA insistem ter matado cinco militantes armados, mas autoridades locais mantêm a informação de que 11 civis, incluindo quatro crianças, morreram no ataque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.