Minas matam sete pessoas na Índia

Uma menina morreu e 13 crianças ficaram feridas no sul da Caxemira, neste sábado, depois que um ônibus escolar passou sobre uma mina terrestre e explodiu. Outra mina explodiu na região do Himalaia, matando seis militares indianos. O jipe onde estavam ficou totalmente destruido. Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelos atentados.A violência aumentou desde que a reunião entre os líderes dos dois países, o primeiro-ministro indiano, Atal Bihari Vajpayee, e o governante militar do Paquistão, Pervez Musharraf, fracassou em julho deste ano. Índia e Paquistão já travaram duas guerras pelo controle da Caxemira desde a independência de ambos os países da Grã-Bretanha. Os indianos acusam os paquistaneses de treinar militantes islâmicos e ajudá-los em suas incursões na Índia. Mais de uma dúzia de grupos islâmicos lutam pela independência da Caxemira da Índia desde 1989.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.