Mineiros chilenos iniciam preparativos para o resgate final

Todos os 33 presos em uma mina estão sendo submetidos a exercícios e recebem óculos escuros para o momento da saída

, O Estado de S.Paulo

08 de outubro de 2010 | 00h00

COPIAPÓ, CHILE

Os 33 mineiros presos numa mina próxima da cidade chilena de Copiapó deram início a uma intensa preparação para deixar o refúgio onde estão há dois meses. De acordo com autoridades, a partir deste fim de semana, o resgate pode ocorrer a qualquer momento.

O grupo está sendo submetido a uma rotina de atividades destinadas a fortalecer tanto a capacidade cardiorrespiratória quanto a parte muscular. O programa é similar ao usado com pilotos de combate, que passam horas sob o efeito da redução da gravidade e alteração na pressão.

Para sair do refúgio subterrâneo, os mineiros serão içados à superfície dentro de uma gaiola estreita, um de cada vez. Os exercícios deverão ser executados até mesmo quando eles estiverem dentro da cápsula, para evitar cãibras musculares.

"Isso tudo não é porque eles estejam acima do peso. O que queremos é manter o porcentual de gordura corporal, para evitar riscos cardiovasculares", explica Jean Romagnoli, chefe da equipe responsável pelo condicionamento físico dos mineiros.

Outra providência adotada pela equipe de resgate foi enviar 33 óculos escuros por meio de sondas. O grupo foi alertado sobre a importância de manter os olhos completamente fechados quando forem retirados, mesmo que estejam usando os óculos, que custaram US$ 450 e foram enviados pela empresa fabricante com uma mensagem aos 33 mineiros. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.