Mineiros chineses resgatados em mina afetada por terremoto

Mi Chengfu, de 51 años, e Liu Hongkun, de 45, sobreviveram graças às reservas de arroz e água

EFE

01 de junho de 2008 | 03h12

Equipes de resgate chinesas conseguiram salvar dois operários de uma mina que estavam presos por 19 dias por conta do terremoto que assolou a província de Sichuan, no sudoeste da China. De acordo com informações da agência oficial "Xinhua", Mi Chengfu, de 51 años, e Liu Hongkun, de 45, foram tirados dos escombros por um helicóptero das autoridades de Hong Kong. Ambos foram encontrados no sábado em uma área montanhosa próxima à cidade de Qingping com ferimentos no tórax e nas costas, mas o mau tempo prejudicou o resgate. As buscas continuaram no local porque outros operários, resgatados no último dia 28, disseram às autoridades que havia mais pessoas com vida. Mi e Liu foram levados ao hospital de Guanghan, situado 25 quilômetros ao norte de Chengdu - capital de Sichuan, província mais afetada pelo tremor. Os operários sobreviveram graças às reservas de arroz e água. Segundo os últimos dados oficiais, o número oficial de mortos em decorrência do terremoto do último dia 12 de maio já chegou a 68.977. Além disso, outras 17.974 pessoas permanecem desaparecidas.

Tudo o que sabemos sobre:
TerremotoSichuanChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.