Mineiros presos a 70 metros de profundidade são resgatados

As equipes de salvamento recuperaram na noite de sexta-feira, sãos e salvos, dois mineiros chilenos que permaneceram cerca de 30 horas presos numa galeria subterrânea de uma mina ao norte de Santiago, informaram as autoridades.Luis Bibar, de 54 anos, e José Torrijo, de 30, não apresentavam lesões e foram resgatados no fim de sexta-feira. Horas antes, a polícia chilena informou que a situação havia se complicado e que os trabalhos de resgate durariam até 12 horas mais devido ao constante perigo de queda no poço.Bibar e Torrijo ficaram presos depois que uma explosão obstruiu a galeria da mina onde trabalhavam, de cerca de 70 metros de profundidade.Cerca de 50 policiais e bombeiros trabalharam no local para resgatar os dois, além de uma equipe especializada em avalanches da Divisão Andina da Corporação do Cobre (Codelco).Na tarde de sexta, um porta-voz dos socorristas disseque havia sido feito contato visual com os mineiros, o que trouxe de volta a esperança de suas famílias, que esperaram nas imediações da mina durante horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.