China Daily/Reuters
China Daily/Reuters

Mineradores são resgatados de jazida de carvão na China

29 trabalhadores passam mais de um dia presos em uma mina inundada; imprensa estatal disse que todos os mineiros seguem com vida

Reuters e AP

22 de novembro de 2010 | 04h25

BEIJING - Os 29 mineiros soterrados por quase um dia em uma mina de carvão inundada foram resgatados, foi confirmado que outros trabalhadores estão vivos, disse a imprensa estatal nesta segunda-feira, 22.

Veja também:

linkHá 3 dias, mineiros estão presos e incomunicáveis na Nova Zelândia

Os mineiros ficaram presos no domingo pela manha, quando uma pequena mina na província de Sichuan, em no sudoeste, inundou.

Um total de 35 mineiros estavam no interior de uma das galerias da mina de carvão Batian quando aconteceu a inundação, e 13 deles conseguiram sair, acrescentaram as fontes.  As equipes de resgate inicialmente pensaram que apenas 28 caíram e estavam presos na mina, porém, aumentou o número, após uma conversa com os trabalhadores. Equipes bombearam a água do local desde a noite de domingo e o nível começou a cair, reportou a televisão estatal.

 

 

Agência de notícias estatal chinesa disse que todos as vítimas seguem com vida. Foto: AP Photo/CCTV 

 

A televisão estatal China Central Television mostrou uma fila de ambulância e uma multidão esperando a entrada na mina, assim como médicos atendendo os sobreviventes em mantas antes de serem transportados a uma ambulância.

A agência de notícias oficial Xinhua disse que todos os mineiros presos seguem com vida. As minas da China são as mais mortíferas do mundo. Em 2009, mais de 2.600 pessoas morreram em acidentes nas minas de carvão chinesas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.