Ministério defenderá nacionalizações

A Bolívia criou um ministério para defender o Estado em julgamentos e processos de arbitragem com companhias multinacionais afetadas pelas nacionalizações e expropiações. O Ministério de Defesa Legal das Recuperações Estatais foi criado na quinta-feira à noite pelo presidente boliviano, Evo Morales. Desde que assumiu o cargo, em janeiro de 2006, Evo pôs em andamento um processo de nacionalização que já afetou as áreas petrolífera, de mineração e de telecomunicações. Várias empresas já abriram processos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.