Ministra de Relações Exteriores de Israel visita os EUA

A ministra de Relações Exteriores de Israel, Tzipi Livni, viaja neste sábado, 10, aos Estados Unidos, onde deve se reunir com a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice.O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores em Jerusalém, Mark Regev, explicou que Livni vai embarcar ao fim do período de descanso de sábado.A ministra deve participar do congresso anual do Comitê de Relações Públicas Americano-Israelense (Aipac) e se reunir com o secretário-geral da ONU, Ban-Ki-moon. Depois dos EUA, Livni deve ir ao Canadá.Segundo a rádio pública israelense, Livni pretende convencer os EUA de que Israel não vai aceitar nenhum governo palestino que não respeite as exigências da comunidade internacional: o reconhecimento do Estado judeu, a renúncia à violência e o respeito aos acordos.Além disso, segundo a emissora, a chefe da diplomacia israelense vai reafirmar que seu Governo não se reunirá com nenhum dirigente do Hamas.Ehud OlmertLivni teve na noite de quinta-feira, 8, uma reunião com o primeiro-ministro, Ehud Olmert, discutindo a agenda de sua visita aos EUA e também questões referentes às relações com os palestinos.Olmert e Livni resolveram suspender a transferência para a Autoridade Nacional Palestina (ANP) de fundos de taxas alfandegárias e outros impostos retidos por Israel. O presidente palestino, Mahmoud Abbas, não teria cumprido a sua promessa de utilizar as verbas já liberadas apenas para fins humanitários.A imprensa israelense informou esta semana que os US$ 100 milhões que Israel transferiu à Presidência palestina após a reunião de dezembro entre Olmert e Abbas não estão na conta do presidente, e podem ter sido usados para pagar salários.O porta-voz do ministério confirmou que Olmert e Livni tiveram uma reunião na noite de quinta-feira. Mas não comentou as questões discutidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.