Ministra do Meio Ambiente da Venezuela renuncia

A ministra do Meio Ambiente da Venezuela, Yubiri Ortega, renunciou ontem ao cargo junto com seu marido, Ramon Carrizalez, que deixou o posto de vice-presidente do país. Ele também era ministro da Defesa. Carrizalez alegou que tomou a decisão por motivos "estritamente" pessoais. Desde sábado, havia rumores sobre sua saída do cargo por causa de diferenças com o presidente Hugo Chávez.

AE, Agencia Estado

26 de janeiro de 2010 | 12h06

"Minha renúncia não é o resultado de qualquer divergência com as decisões do governo. Qualquer outra versão sobre as razões que me levaram a isso é falsa e mal intencionada", disse Carrizalez, que ocupava o cargo desde 2008. Chávez aceitou a renúncia e agradeceu Carrizalez por seu trabalho, disse a ministra da Informação, Blanca Eckhout, em breve comunicado. O substituto dele ainda não foi anunciado.

A saída de Carrizalez acontece em um momento em que estudantes de várias partes do país entram em confronto com as forças de segurança por se oporem à medida de Chávez para fechar um canal de televisão a cabo que faz oposição ao governo. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.